sexta-feira, 30 de março de 2012

Compartilha



A cidade de Helsinki, capital da Finlândia, por exemplo, tem o que se pode chamar de uma estratégia de biodiversidade urbana, levando em conta as oportunidades do ambiente natural em seu plano de desenvolvimento desde 1992. Ali, a consciência cidadã é formada a partir de espaços que incentivam o conhecimento sobre o meio ambiente, depois da realização de um amplo estudo sobre as áreas verdes do município.
O objetivo é proteger e desenvolver a biodiversidade em Helsinki, incluir as áreas naturais e a arborização no planejamento urbano, e aumentar a interação das pessoas com esse ambiente urbano. Assim, em 2002, o município aprovou um Plano de Ação para a Sustentabilidade de Helsinki e, já em 2003, recebeu o Prêmio de Cidade Europeia Sustentável.
Esse tipo de esforço aponta caminhos para o futuro de outras metrópoles, pois além do sistema de áreas verdes ter se mantido intacto às pressões da construção e especulação imobiliária, houve aumento da consciência da população sobre a natureza da cidade e o desejo de protegê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário