terça-feira, 12 de junho de 2012

Compartilha
Alunos da escola República do Líbano, do Vidigal, fazem parte dos 'heróis do futuro' na Rio 20. Foto: Angela Chagas/Terra
Alunos da escola República do Líbano, do Vidigal,
fazem parte dos 'heróis do futuro' na Rio 20Foto: Angela Chagas/Terra2
ANGELA CHAGAS

Direto do Rio de Janeiro
Os alunos do 9º ano da escola municipal República do Líbano, da comunidade carioca de Vigário Geral, estavam empolgados em mostrar a preocupação com o futuro das próximas gerações ao visitar nesta manhã o circuito expositivo Humanidade, no Forte de Copacabana, que faz parte das atividades paralelas da Rio+20. Os jovens integram o projeto "Heróis do Futuro", uma parceria entre a Federação das Indústrias do Rio (Firjan) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) para alertar os jovens sobre a importância da proteção do ambiente.
"Eu aprendi que preciso economizar a água para cuidar do nosso planeta", disse Breno Costa, 15 anos. O adolescente e os demais alunos da escola recebem desde março aulas sobre os principais temas da Conferência da ONU por meio do projeto liderado por 65 monitores, que são alunos de graduação da Uerj.
Camila Gomes Alves estuda no 7º período de geografia na universidade e é uma das monitoras do programa. Ela conta que visitou diversas escolas da cidade para ensinar aos jovens conceitos de sustentabilidade e medidas práticas que eles podem tomar no seu dia a dia para proteger o ambiente. "Fico muito feliz em ver que os alunos já têm essa preocupação com o meio ambiente. O acesso à informação, principalmente por meio da internet, faz com que eles se sintam engajados em promover uma mudança nos nossos valores, passando a priorizar a preocupação com os recursos naturais", afirma a estudante.
Até o dia 22 de junho, quando será encerrada a Rio+20, os monitores visitarão as exposições do espaço Humanidade com os alunos das escolas públicas. "Esse é um momento muito importante para alertar os adolescentes e os jovens sobre a proteção ambiental. São eles que vão pensar o futuro do planeta daqui em diante e nada mais importante do que promover essa consciência desde cedo", diz Lidiane Machado, aluna de biologia na Uerj, que também é monitora do programa.
Humanidade 2012
Promovido pela Firjan e pela Fiesp com a participação da Fundação Roberto Marinho, o Humanidade ocupa um "edifício andaime" montado no Forte de Copacabana. O projeto cenográfico é de responsabilidade de Bia Lessa e foi idealizado seguindo o conceito de sustentabilidade. Os materiais utilizados, desde andaimes, tapumes, e até o lixo, devem ser reaproveitados depois do evento.
O objetivo do espaço é apresentar informações sobre sustentabilidade de forma lúdica e interativa. Entre os temas abordados estão a biodiversidade brasileira e os impactos das atividades humanas sobre a natureza. O Humanidade estará aberto ao público até o dia 22 de junho. A entrada é gratuita.
Rio+20
A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável ocorre na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 13 a 22 de junho e deverá contribuir para a definição da agenda de discussões e ações sobre o meio ambiente nas próximas décadas, com foco principal na economia verde e na erradicação da pobreza.
Assim chamada por marcar os 20 anos da realização da Eco92, a Rio+20 é composta por três momentos. De 13 a 15 de junho, representantes governamentais discutirão os documentos que posteriormente serão convencionados na Conferência. Entre 16 e 19, serão programados eventos com a sociedade civil. Já de 20 a 22 ocorrerá o Segmento de Alto Nível da Conferência, para o qual é esperada a presença de diversos chefes de Estado e de governo dos países-membros das Nações Unidas.
Apesar dos esforços do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, vários líderes mundiais estarão ausentes, incluindo o presidente americano Barack Obama. Do lado europeu, ficam de fora a chanceler alemã Angela Merkel e o primeiro ministro britânico David Cameron. Para garantir a presença de países africanos e caribenhos, o Itamaraty, o Ministério da Defesa e a Embraer trarão as delegações de 10 deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário