quarta-feira, 13 de junho de 2012

Vinte anos depois, menina que calou chefes de Estado na Eco-92 volta para Rio+20

Compartilha
article image
Rio+20: governantes voltam a se reunir vinte anos depois da ECO-92 (Reprodução/Internet)

Vinte anos depois, menina que calou chefes de Estado na Eco-92 volta para Rio+20

Agora mãe, Severn Suzuki, na época com 12 anos, diz que sua perspectiva mudou, mas sua mensagem não


Vinte anos atrás, durante a ECO-92 no Rio de Janeiro, Severn Suzuki do Canadá, à época com 12 anos, tornou-se a menina que calou o mundo por seis minutos, dando um sóbrio depoimento em frente a chefes de estados que participavam do encontro:
Realmente, não há nada mais impressionante que uma menina em idade escolar falando de suas crenças e fazendo com que os adultos se sintam envergonhados. Nesta semana, os líderes mundiais se reúnem novamente no Rio, a comunidade global se confronta com a realidade que as políticas para a conservação do meio ambiente não mudaram muito nos últimos 20 anos, diferentemente do que aconteceu a Severn Suzuki, que agora é Severn Cullis Suzuki, mãe de um bebê e um pouco mais alta.
A biodiversidade está diminuindo, as alterações climáticas são um problema ainda maior e os países que participam do evento no Rio ainda estão lutando contra os limites a serem aplicados. Seversn Cullis Suzuki está de volta ao Rio nesta semana, e ela diz que suas perspectivas mudaram, mas sua mensagem não:


Nenhum comentário:

Postar um comentário